Chá verde: Para Que Serve? Como Fazer?

O chá verde é muito usado por pessoas que buscam o emagrecimento saudável. Mas além disso, são vários os benefícios deste chá para o organismo humano. Veja, a seguir, para que serve, as principais indicações e como fazer!

Para que serve o chá verde?

  • Redução do nível de colesterol;
  • Tratamento de verrugas (verrugas genitais);
  • Previne distúrbios cognitivos;
  • Redução de peso (além de uma mudança na dieta);
  • Prevenção de certos tipos de câncer;
  • Redução da hipertensão.

Chá verde 1

Tradicionalmente, o medicamento também trata distúrbios digestivos, estimulando funções cognitivas, promovendo a eliminação da urina, a circulação sanguínea, acelerando a eliminação de álcool e outras toxinas.

Benefícios do Chá Verde

Você sabia que o chá também é consumido em suplementos alimentares? Entre as diferentes cores do chá, o chá verde é aquele com as propriedades mais terapêuticas.

Contém cafeína, muitas substâncias antioxidantes, mas também um ingrediente ativo chamado teanina. Teria um efeito relaxante no sistema nervoso e estimulante no sistema imunológico.

Chá verde 2

Usar chá verde ajuda a diminuir o colesterol, manter boa memória e atenção ou até melhorar a circulação sanguínea.

Consulte o seu médico antes de iniciar um tratamento com o chá, pois a dosagem adequada varia de acordo com a dor a ser aliviada. Mulheres grávidas ou amamentando, pessoas com problemas de fígado ou deficiência de ferro devem ter avaliação de um médico, antes do uso.

Composição

O chá verde contém cafeína e muitos antioxidantes da família das catequinas, sendo o principal o EGCG (epigalocatequina-3-galato). Uma folha de chá verde desidratada contém 0,5% a 10% de cafeína e 15% a 30% de catequinas, incluindo 50% a 75% de EGCG.

A teanina é outro ingrediente ativo do chá pelo qual os pesquisadores estão interessados, pois, segundo estudos preliminares, tem um efeito relaxante no sistema nervoso53-55 e um efeito estimulante no sistema imunológico56. Vários suplementos de theanine estão disponíveis no mercado, mas ainda há dados suficientes para concluir que é eficaz.

Uma xícara de chá (250 ml), correspondente à infusão de cerca de 2,5 g de folhas de chá, contém 50 mg a 150 mg de catequinas totais e 30 mg a 50 mg de cafeína, ou seja, 4 6 vezes menos que 1 xícara de café com filtro. A concentração de EGCG varia de chá para chá, mas pode-se estimar que representa em média 60% do total de catequinas.

Chá verde 3

Fonte de catequinas

O chá, por ser menos oxidado, é mais rico em catequinas. Contém até 30%, enquanto o chá preto contém apenas cerca de 9%. As propriedades antioxidantes do chá são, portanto, superiores às do chá preto.

Existem extratos de chá verde no mercado vendidos sob a forma de comprimidos ou cápsulas. O seu teor deste chá é extremamente variável, de 100 mg a 750 mg por comprimido. Portanto, é importante verificar o conteúdo de catequinas totais ou EGCG, além de cafeína.

Estudos sobre o Chá Verde

Alguns estudos foram feitos para avaliar e comprovar a eficácia deste alimento. Veja, a seguir, as informações pertinentes sobre os resultados!

Redução do colesterol

Uma provável eficácia foi constatada pela chá verde em relação à redução dos níveis de colesterol. Em 2008, uma metanálise concluiu que o único efeito significativo do chá verde nos fatores de risco para doenças cardiovasculares era a redução do “colesterol ruim” (LDL). Desde então, vários estudos clínicos obtiveram resultados nessa direção.

Melhora da memória e atenção

Uma provável eficácia foi constata em relação à memória e atenção. Beber chá verde diariamente parece ajudar a manter a atenção mental e o desempenho cognitivo. Além disso, tomar um extrato de chá verde com L-teanina parece melhorar a memória e tenha cuidado em pessoas com problemas mentais leves.

Reduz os riscos de demência e Alzheimer

Em 2015, pesquisadores japoneses mostraram que o consumo diário de chá verde (de 1 a 6 xícaras por dia ou por semana) estava associado a um menor risco de demência ou comprometimento cognitivo leve.

Assim, a incidência de demência – incluindo a doença de Alzheimer – foi cerca de 4 vezes menor naqueles que tomam chá verde diariamente, em comparação com aqueles que não tomam. Um consumo mais moderado (de 1 a 6 vezes por semana) também tem efeito protetor, embora menos pronunciado.

Reduz o peso

Uma possível eficácia é notada na redução de peso. De acordo com uma metanálise publicada em 2010, o chá verde, mais especificamente as catequinas e a cafeína que ele contém, poderia ter um efeito de emagrecimento e ajudar a controlar o peso, desde que combinado com uma dieta adequada.

Assim, em pessoas que sofrem de obesidade, o consumo diário de extrato de chá verde contendo de 580mg a 710mg de catequinas e de 40mg a 110mg de cafeína levou a uma redução no índice de massa corporal (IMC), circunferência de peso e cintura. Se o efeito é significativo, permanece modesto e requer a combinação das duas substâncias (catequinas e cafeína).

Gostou das informações? Compartilhe conosco a sua opinião!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde