Diastema: O que é, Resina, Famosos

Você provavelmente já viu alguém com diastema, ou quem sabe você tem um diastema. Mas não se preocupe que você já vai entender o que é.

O diastema é apenas um problema muito comum que ocorre com os dentes ou com a arcada dentária, principalmente em crianças e jovens.

Neste artigo, você irá entender o que é diastema e suas principais causas. Fique até o final para entender mais sobre problema.

Diastema 3

O que é diastema?

Diastema é o termo técnico usado para a definição de dentes separados. Normalmente, esses dentes separados são os dois dentes na frente da arcada dentária superior, pode haver essa separação entre outros dentes também.

Muitas pessoas vão ao dentista para fazer essa correção nos dentes, usando aparelhos ortodônticos, que vão fazer com que os dentes voltem ao seu lugar normal.

Os “buracos” formados entre os dentes, podem, portanto, ser de vários tamanhos, em algumas pessoas, são até bem pequenos, não tendo uma grande necessidade de correção.

Porém, os dentes que têm o afastamento maior, podem incomodar muito, principalmente por questões estéticas.

Causas do diastema

As causas do diastema ou dentes separados, podem ser várias, e a principal é falta de proporção entre o tamanho do maxilar (arcada dentária superior) e o espaço que os dentes ocupam no osso maxilar.

Uma outra causa muito comum, é falta do nascimento de algum dente, seja por uma perda ou por problemas genéticos, que impede a formação de uma arcada dentária natural, formando um espaço entre os dentes.

Diastema 2

Quando o freio labial é muito baixo, ele também pode ser uma causa do diastema, porém, isso só ocorre entre os dentes incisivos superiores.

Outros fatores, portanto, também podem ser relacionados ao diastema, como:

  • Maus hábitos de sucção
  • Problemas com os ossos das arcadas dentárias
  • Problemas na gengiva
  • Muita movimentação da língua, forçando os dentes

Tratamento para o diastema

O tratamento para o diastema, vai depender da causa do problema, sendo diagnosticado pelo seu ortodontista.

O tratamento mais comum, é a instalação dos aparelhos ortodonticos para fechar o espaço entre os dentes.

Neste tratamento, também é instalado uma férula, também chamada de contenção, após a retirada do aparelho ortodôntico. Essa contenção impede que os dentes voltem a se separar, abrindo um novo diastema.

Esses aparelhos podem ser fixos ou móveis. Isso vai depender da gravidade e da origem do problema.

Em alguns casos, portanto, são usados próteses de porcelana, ou até implantes, porém, nesses casos, apenas adultos aderem a esse tipo de tratamento.

Procedimentos cirúrgicos também podem ser considerados, caso o motivo do diastema, for pelo tamanho e a posição do seu freio labial.

Tratamento do diastema com resina

A resina é uma outra alternativa para corrigir o problema dos espaços excessivos entre os dentes.

A resina é um material de alta qualidade, que dura muitos anos e ainda imita com muita precisão, a estrutura o material dos dentes naturais.

É o procedimento menos invasivo em comparação às outras formas de tratamento, e também é um pouco mais econômico por ser uma opção permanente ou a longo prazo.

Semelhante à resina, tem a porcelana, porém, é um procedimento mais caro e mais trabalhoso, pois qualquer complicação, requer a aplicação novamente da porcelana, e com a resina, é possível remodelar o “dente”.

Diastema 1

Esteticamente, a resina é muito bem aceita pelos pacientes, e promovem até a autoestima perdida, devido a melhora que ela trás para a aparência dos dentes.

Dicas finais

Se você percebeu alguma alteração em sua arcada dentária, e essa alteração se parece com uma separação entre alguns de seus dentes, pode ser um diastema.

Sendo assim, procure um ortodontista para verificar o tratamento adequado, e a origem do diastema.

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde