Dieta do Ovo: Como funciona, Como Fazer e Dicas!

A dieta do ovo é uma novidade que vem conquistando muita gente por aí! O ovo é uma das fontes de proteína mais consumidas pelos brasileiros, principalmente para quem faz dietas, seja para emagrecer ou para o ganho de massa muscular.

Porém, apesar disso, o ovo ainda é alvo de muitos estudos e opiniões variadas sobre sua composição e qual é o seu verdadeiro papel como alimento.

Pesquisas mostram que o ovo tem muitos benefícios e, se estiver em conjunto com um cardápio equilibrado e saudável e atividades físicas regulares, pode obter ótima resposta no emagrecimento e em outras dietas.

Quer saber mais sobre a dieta do ovo? Continue lendo este artigo e veja como ela funciona!

dieta do ovo 4

O que é a dieta do ovo?

Basicamente, a dieta do ovo se resume em usar o ovo como a principal fonte de proteína na maioria das refeições, sendo o substituto de outras fontes como as carnes vermelhas e brancas.

Não há uma regra exata sobre os cardápios, porém, o ideal é que se consuma alimentos de alto valor nutricional junto ao ovo. O cardápio diário precisa ser rico em fibras, carboidratos complexos e gorduras boas.

E, dessa forma, encontramos esses nutrientes em alimentos como:

  • Legumes e verduras: couve, chicória, espinafre, couve-flor, brócolis, batatas, abobrinha, abóbora, berinjela e entre outros.
  • Frutas: abacate, maçã, banana, limão, tangerina, melancia e melão.
  • Cereais e leguminosas: arroz integral, feijão, aveia, grão-de-bico e lentilha.
  • Fontes de gorduras boas: Amêndoas, sementes em geral, castanhas, azeite e óleo de coco.

A prioridade para a ingestão do ovo, é em sua forma cozida, porém, ele também pode ser consumido de outras maneiras, desde que seja feito sem gorduras.

Benefícios da clara do ovo

O ovo é muito conhecido por ser uma ótima fonte de proteína. Essa proteína presente no ovo se chama albumina e ela tem grande valor nutricional, sendo digerida pelo organismo com muito mais facilidade que outras proteínas.

A proteína do ovo, que se encontra na clara é considerada uma proteína completa, isso quer dizer que nosso corpo não produz essa proteína e, por isso, precisamos consumi-la.

O ovo, por ser um alimento rico em proteína, auxilia na cicatrização dos músculos, que ocorre devido ao processo de hipertrofia muscular para quem é adepto à atividades físicas.

Além disso, as proteínas também são importantes para o deslocamento de células pelo organismo através do sangue.

Benefícios da gema do ovo

A gema, apesar de ser a parte do ovo que possui a gordura, também possui inúmeros benefícios para a saúde.

A gordura que é encontrada nela, é vista como uma gordura do bem, por fazer parte do grupo de gorduras monoinsaturdas.

dieta do ovo 3

Ademais, a gema é rica em vitamina D, vitamina E, vitaminas do complexo B (que são vitaminas atuantes no sistema neurológico, favorecendo a memória, por exemplo) e vitamina A.

A as propriedades da gema também são excelentes para a saúde dos olhos e ajuda no controle dos níveis de colesterol na corrente sanguínea.

Como o ovo pode ajudar na perda de peso?

O ovo pode estar ligado ao emagrecimentos em vários aspectos. Veja abaixo alguns fatores relacionados.

A proteína, se for consumida imediatamente ao iniciar o dia no café da manhã, pode garantir uma maior saciedade ao organismo, auxiliando para que a fome não seja constante.

O ovo possui 6 gramas de proteínas aproximadamente em 1 unidade. As calorias de 1 ovo podem ser comparadas com as calorias de uma fruta, por exemplo, porém, o ovo permite uma saciedade maior.

O ovo é rico em gorduras e proteínas que impedem que a glicemia tenha altos picos e, dessa forma, o organismo secreta a insulina de forma adequada para a manutenção dos níveis glicêmicos.

Como fazer a dieta do ovo?

Como foi dito anteriormente, não existe uma regra exata sobre o que comer e também não há cardápios já definidos.

O que é necessário fazer, é manter uma alimentação equilibrada, com baixas calorias para que a perda de peso seja efetiva.

Os alimentos citados no início deste artigo devem ser consumidos e alternados, para que haja a ingestão completa de todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo.

É importante lembrar que, junto ao consumo de proteína, as fibras são essenciais para que o intestino funcione corretamente, prevenindo o intestino preso.

Por isso, as folhas, verduras e cereais são de extrema importância e precisam estar incluídos no seu cardápio diário, juntamente com a ingestão de muito líquido.

Dicas de como consumir o ovo

Como consumir o ovo ainda gera muitas dúvidas para os adeptos à essa dieta. Apesar do ovo cozido ser a melhor forma de consumi-lo, você pode prepará-lo de outras maneiras, como:

  • Ovos mexidos (procure utilizar uma frigideira anti-aderente para que não seja necessário o uso de grandes quantidades de gordura)
  • Ovo pochê (ovo cozido na água sem a casca)
  • Ovo frito (use também frigideiras anti-aderentes para evitar o consumo de óleos)
  • Omelete.

Como consumir outras fontes de proteínas?

Algumas pessoas têm dúvidas sobre o consumo de outras fontes de proteínas como carne de boi, carne de frango e peixe.

Você não precisa excluir definitivamente esses alimentos do seu cardápio, apenas os consuma poucas vezes na semana, dando prioridade ao consumo do ovo.

Você pode escolher um ou dois dias na semana para consumir outras fontes de proteína animal, isso é bom para que você não enjoe muito rápido por comer ovos todos os dias.

Os alimentos feitos com leite desnatado com queijos, iogurtes e os próprios leites também são excelentes fontes de proteínas, além de terem alto teor de cálcio para a saúde dos ossos.

dieta do ovo 1

Erros na dieta do ovo

Existem alguns pontos que precisam ser esclarecidos sobre a dieta do ovo, para que você não cometa erros e prejudique sua saúde de alguma forma.

O excesso de proteína pode causar alguns problemas de saúde, como:

  • Aumento dos níveis de colesterol
  • Perda de cálcio nos tecidos ósseos
  • Aumento do ácido úrico
  • Maior risco de complicações renais, como cálculo renal.

Por que a prioridade é o ovo cozido?

Quando adicionamos gorduras, sejam elas boas ou más, estamos adicionando ainda mais calorias ao nosso prato.

Para que o processo de emagrecimento tenha resultados 100% positivos, a ingestão de calorias deve ser menor do que as calorias gastas no final do dia.

Por isso, quanto menos for nosso consumo calórico (dentro do recomendado), mais teremos chances de emagrecer.

Você pode optar pelo ovos “fritos” desde que não use gordura para fritá-lo. Use panelas e frigideiras anti-aderentes, como citado nas dicas mais acima.

Dica de Cardápio 1

Se você ainda não sabe como encaixar o ovo em suas refeições, você irá conferir logo abaixo, dicas de um cardápio simples em que o ovo precisa estar em pelo menos 1 refeição por dia.

Café da manhã: 2 ovos cozidos, meio mamão salpicado com farelo de aveia e café sem açúcar ou adoçado com stevia ou xylitol.

dieta do ovo 2

Almoço: 100 gramas de frango grelhado, uma porção grande de salada de alface, rúcula, pepino e agrião e purê de abóbora.

Janta: 100 gramas de filé de peixe (tilápia, linguado ou salmão) cozido e uma porção de folhas verdes.

Dica de cardápio 2

Nesse cardápio, os ovos serão incluídos no almoço, e não no café da manhã. Você também pode trocar a receita do almoço com a da janta se preferir consumir ovos a noite.

Café da manhã: 1 fatia de pão integral com creme de ricota e café sem açúcar.

Almoço: 2 ovos cozidos, mix de folhas verdes com tomates cerejas e purê de batata doce.

Janta: 100 gramas frango grelhado com salada de legumes ou saladas com folhas verdes escuras (couve, espinafre ou chicória).

Algumas vantagens da dieta do ovo

O ovo, em relação aos outros tipos de proteínas, pode ter algumas vantagens, veja na lista abaixo:

  • Esse alimento é considerado muito versátil, podendo ser consumido em qualquer refeição do dia, seja no almoço, nos lanches ou na janta
  • É um alimento muito acessível (não é caro e pode ser encontrado em qualquer mercado).
  • Ele pode ser feito de várias formas e ser adaptado em receitas de acordo com suas prioridades e preferências.

Contraindicações para o consumo do ovo

Algumas pesquisas apontam que, pessoas que têm diabetes são contraindicadas para consumir ovos em grandes quantidades.

Pessoas que possuem alterações em seus níveis de colesterol também precisam ficar atentas para o consumo de ovo em excesso.

Pessoas que sofrem com doenças ou complicações renais, complicações no fígado e nos ossos, também precisam prestar atenção e controlar o consumo de ovos.

No geral, ideal é que todos consultem um profissional de saúde antes de aderirem à qualquer dieta, para possam emagrecer de forma saudável.

Dicas finais

Neste conteúdo, vimos o que é a dieta do ovo e como ela funciona para o processo de emagrecimento.

Vimos também como o ovo pode ser encaixado nas refeições e alguns exemplos de cardápios para você se inspirar e começar de vez sua dieta.

É importante lembrar que, toda dieta precisa de um acompanhamento profissional para que não haja problemas futuros. Consulte um profissional e comece sua dieta do ovo!

Gostou das dicas? Compartilhe conosco a sua opinião!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde