Dieta Low Carb: O que é, Emagrece, Cardápio!

A dieta low carb tem como objetivo fazer a redução do quantitativo de carboidratos consumidos. Orienta-se que uma dieta comum tenha 50 até 55 % de carboidratos ingeridos. Já, em relação a metodologia do Low Carb, esses nutrientes podem fazer a composição de 45 até 5 % do consumo diário.

É imprescindível lembrar que reduzir os carboidratos de forma extrema, abaixo de 40 %, pode até proporcionar a perda do peso, mas não é saudável. Isto porque, ao mesmo tempo, pode apresentar vários tipos de problemas graves de saúde. Estes macronutrientes podem incluir macarrão, batata, arroz e pão.

Dieta Low Carb emagrece?

Essa metodologia atua na contribuição para a perda do peso com saúde, desde que os alimentos dêem prioridade aos carboidratos de baixo índice glicêmico. A razão disso é que, ao passo que este macronutriente seja consumido, ela apresenta também a glicose que terá uso pelos elementos celulares para obtenção de energia.

Se houver glicose em excesso, há o estoque em formato de gorduras e se tiver uso antes da refeição seguinte, será preciso a liberação de hormônio que se chama glucagon. Ele fará a retirada de energia em estoque.

Ao passo que a alimentação seja fonte de alimentos que apresentam alto índice glicêmico, acontecem vários picos de insulina e, em alguns momentos, estão altíssimos a ponto de o glucagon nunca ter liberação.

O que acontece é que, sem esta célula, os elementos gordurosos estocados não têm a queima e não ocorre, por conseguinte, o emagrecimento esperado
dieta low carb 2

Portanto, quando a dieta low carb acontece, priorizando o consumo de produtos com baixo índice de glicemia, existe uma modificação reduzida de insulina. A consequência é que o organismo atua na produção da célula glucagon.

Isso significa que, numa proposta de reduzir pequenos carboidratos da alimentação, a dieta low carb auxilia efetivamente no emagrecimento.

Mas é claro que não apenas o carboidrato é responsável por isso. É preciso controlar as proteínas, ao mesmo tempo. Reduzindo-as em 10 % e melhorando a qualidade de tudo o que é ingerido, os resultados são bastante notáveis.

Cardápio Low Carb

A alimentação que é fonte proteica repleta de ovos, peixes, quinoa, soja e demais também é chamada de dieta low carb. Esses elementos proteicos são nutrientes bastante relevantes para o nosso corpo, visto que atuam efetivamente no fornecimento de aminoácidos ao organismo.

As substâncias chamadas de aminoácidos são importantes para a função motora, estrutural e metabólica do corpo. São elementos essenciais musculares e formam colágeno.

Ainda, as proteínas ajudam a produzir os hormônios, regular a funcionalidade imunológica e enzimática. A alimentação mais rica em proteínas e que faz a apresentação de aminoácidos essenciais compreendem origem animal como laticínios e aves.

Neste caso, é preciso preferir à proteína magra de aves sem pele e peixes. As carnes que podem ser consumidas nesta dieta compreendem a:

  • filé mignon;
  • patinho;
  • leite desnatado;
  • queijo branco.

Diversas alimentações ricas em gorduras também apresentam poucos quantitativos de carboidratos. Porém, apenas algumas são low carbs saudáveis.

As dicas aqui são abacates, azeite, oleaginosas. Elas compreendem gorduras do tipo insaturadas. Há, inclusive, diversos estudos que apresentam um cenário em que consumir estes alimentos traz benefícios para prevenir doenças cardíacas e possíveis derrames.

Gostou dessas dicas saudáveis? Compartilhe conosco a sua opinião!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde