Jejum Intermitente: Como fazer, Emagrece mesmo?

O jejum intermitente é um tipo de metodologia para emagrecer que observa intercalar alguns momentos sem comer com alguns momentos específicos para se alimentar. O intuito é trabalhar o corpo, utilizando estoques de gordura e, por meio disso, a perda de massa gordurosa.

De modo geral, há a indicação de 10h a 24h de jejum, que podem ser realizadas apenas em um ou outro dia durante a semana. Esses momentos em que você pode se alimentar são denominados como “janelas de alimentação”. 

Fora disso, é preciso consumir líquidos que não apresentam valor calórico, como a água, chá, café sem adição de açúcar. Essa metodologia, contudo, não tem indicação para todos e pode revelar grandes problemas quando realizada sem uma devida orientação.

Como fazer o Jejum Intermitente?

Há diversos tipos de jejum intermitente que podem envolver um tanto maior ou menor de horas sem comer. Antes de ter esse conhecimento, contudo, é bastante importante dizer que o melhor modo de seguir esse jejum é a partir da orientação de um médico.

jejum intermitente 1

12 horas de Jejum

O tipo mais comum é o jejum 12h. Nele, você deve passar metade do dia sem se alimentar. A indicação é que você realize 3 refeições durante o dia, permanecendo entre às 20h do período noturno até às 8h do período matutino sem comer nada.

Sistema Leangains

Essa metodologia foi desenvolvida pelo especialista Martin Berkhan, propondo que o indivíduo permanecesse 16h em jejum. Isso podia acontecer entre 2 a 3 refeições em 8h que restam, na denominada “janela de alimentação”. 

Neste caso, portanto, você seleciona o melhor período para intercalar a janela de alimentação.

Coma, Pare, Coma

Nesse protocolo, o indivíduo pode escolher um ou 2 dias dentro da semana em que permanecerá em um jejum completo. Isso quer dizer que, nessas datas, haverá a refeição , posteriormente, só se alimentará novamente em mesmo horário do dia posterior.

A metodologia tem o costume de se adaptar de maneira mais dificultosa e é imprescindível realizar refeições que sejam fontes de fibras antes de jejuar.

Jejum intermitente emagrece mesmo?

Para saber se o jejum intermitente emagrece e como a dieta age no organismo, é necessário compreender adequadamente as etapas pelas quais o organismo passa durante o dia.

Ao terminar de comer, o corpo dá início a um processo de absorção de energia em formato de glicose. Para isso, ele consegue ativar os hormônios de insulina, que se responsabilizam em pôr o açúcar dentro dos elementos celulares.

jejum intermitente 2

Essa energia que não terá uso pelas células sofre o armazenamento pela insulina em formato de tecido adiposo, que é a gordura.

Após esse tempo, a energia vai se esgotando e o organismo precisa fazer uso das reservas. O corpo recorre à substância do glicogênio, que é uma formato de energia armazenado na região muscular, quanto em relação à gordura, e então ativa os hormônios que trabalham para quebrá-las.

Portanto, todo esse processo faz com que você emagreça, pois perderá gordura em excesso.

Vantagens do Jejum Intermitente

Quando realizado adequadamente, o jejum intermitente pode trazer vantagens para a saúde. Veja, a seguir, quais são elas!

  • um organismo mais disposto;
  • uma mente mais clara;
  • um maior controle da insulina e glicemia.

Estudos específicos, por conseguinte, revelam que esta dieta pode auxiliar efetivamente na saúde cardíaca. A razão disso é que o organismo em jejum faz uso de um elemento chamado betahidroxibutirato como energia, usado de forma mais fácil pelo corpo. Então, o coração poupa energia e também se estressa bem menos.

E se você gostou dessas informações, não deixe de compartilhar sua opinião conosco!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde