Pirâmide Alimentar: Simples, Brasileira, Para Que Serve?

A pirâmide alimentar é uma forma muito conhecida e prática de organizar a alimentação. Frequentemente utilizada por quem procura uma reeducação alimentar, ela apresenta uma divisão bem prática em grupos de alimentos.

O objetivo principal da pirâmide é tentar equilibrar a alimentação para que elas sejam realizadas da forma mais saudável possível. Como é muito simples, pode ser compreendida até mesmo por crianças e indicada de forma bem prática como dever ser alimentação cotidiana.

A ideia principal é apresentar quais são os grupos alimentares que devem ser consumidos em maiores quantidade e aqueles que devem ser comidos com moderação.

piramide alimentar 2

Como funciona pirâmide alimentar?

Todos os alimentos que se encontram no topo da pirâmide possuem uma grande quantidade de calorias, porém menos nutrientes. Ou seja, eles fornecem mais energia, mas podem ocasionar um aumento de peso caso sejam consumidos em excesso.

Algumas críticas são apresentadas a essa forma de pirâmide alimentar simples pois acaba por separar alguns alimentos que são ricos em açúcar e gordura. Embora existam algumas alterações, a maior parte das pirâmides alimentares possuem como componentes: frutas, carboidratos, verduras, carne, grãos e ovos, leite, além de óleo e açúcar.

Grupos Presentes na Pirâmide

Ao todo, são oito grupos que podem recebe ainda uma subdivisão. A base da pirâmide é formada por carboidratos; (como por exemplo massa, pães e vegetais como a batata) a base do meio por verdura e legume; (como por exemplo: pepino, alface, berinjela, dentre outras) seguida da faixa formada por frutas.

Acima estão os leites e seus derivados, grãos (como feijões e algumas oleaginosas), além de um parte da pirâmide que contempla os ovos e carnes. Por fim, na parte mais alta da pirâmide (também conhecida como topo) estão os açúcares, as gorduras e os diversos tipos de óleos.

Pirâmide Alimentar pode ajudar com o peso?

A pirâmide pode ser sim uma forma efetiva de reeducação alimentar e ocasionar uma diminuição do peso. Entretanto, nem sempre essa técnica auxilia o emagrecimento pois orienta um consumo grande de carboidrato que podem, inclusive, fazer com que uma pessoa possa ganhar peso.

Dessa forma, se o seu o objetivo é perder peso, procure consultar um nutricionista ou endocrinologista para que eles possam esclarecer sobre os diversos fatores que auxiliam o emagrecimento.

Pirâmide alimentar brasileira

Os Estados Unidos foram pioneiros na criação da pirâmide alimentar. No final da década de 1990 o Brasil também criou a sua própria pirâmide adaptada para a realidade nutricional do país.

piramide alimentar 1

Assim, a intenção não é só indicar como deve ser alimentação, mas também criar uma cultura de prevenção de doenças como, por exemplo, a obesidade e outras enfermidades que estão ligadas à alimentação.

A criação da pirâmide brasileira incluiu produtos tradicionalmente consumidos no nosso país, como o caju, sementes e castanhas que só existem por aqui. Outros alimentos também foram introduzidos a fim de contribuir para uma alimentação mais equilibrada. A indicação é que sejam consumidas cerca de 2500 calorias por dia, valor validado pelas instituições de vigilância sanitária do país.

Outra orientação é que as refeições sejam realizadas a cada três horas e a inclusão da prática de esportes e atividades físicas.

Gostou das dicas? Compartilhe conosco a sua opinião!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde