Tabela Chinesa: Gravidez, Funciona?

A tabela chinesa é um método que se baseia na astrologia estudada na China e pode indicar se o seu neném será menino ou menina. Para usar esse método não importa quanto tempo tenha que você descobriu a gravidez, pois a tabela trabalha com a idade lunar da gestante. Interessante, não é?

Mas como funciona de fato essa tabela? Essa é a dúvida da maior parte das futuras mamães que costumam ficar muito ansiosas para saber o sexo do bebê!

Como funciona a tabela chinesa?

A tabela se baseia em um gráfico encontrado há centenas de ano atras na cidade de Pequim. Segundo a tradição, esse gráfico traz os métodos que analisa a idade lunar da mãe. Isso pode ser feito somando o numeral “um” ao ano em que foi feita a concepção do bebê. Mas atenção, se você tiver nascido nos meses de fevereiro e janeiro essa soma não deve ser feita, ok?

tabela chinesa 1

É muito importante ter uma previsão de quando o bebê foi concebido, pois isso será fundamental para que a tabela funcione. Após realizar a soma, você deve localizar na tabela os dados obtidos e descobrir o sexo do neném. O gráfico geralmente apresenta a cor azul para os meninos e rosa para as meninas. Simples, não é?

Tabela chinesa é realmente confiável?

A resposta é não! Embora a tradição popular confirme geração após geração que o método da tabela chinesa tenha resultado. Entretanto, não existe nenhuma comprovação científica de que o método de fato funcione. Mesmo sendo uma alternativa divertida e diferente não é possível dizer com precisão se ele realmente funciona.

A previsão é que a tabela chinesa acerte o sexo do bebê de 50 até mais de 90%. Não existe nenhum dado científico que comprovem os números e por esse motivo a estatística também não é algo comprovado em bases científicas. Em alguns países, a tabela foi aplicada e os dados indicaram que a tabela teve um pouco mais de 50% de acertos. Ou seja, nada muito completo e confiável, não é mesmo? O universo desta pesquisa contou com mais de dois milhões de nascimentos.

tabela chinesa 2

Uma outra investigação destaca que levar em consideração o dia da concepção para saber o sexo do bebê também não é algo confiável. O estudo não encontrou qualquer relação entre as duas coisas.

Assim, se você está ansiosa para saber o sexo do bebê, a tabela chinesa pode ser apenas um método mais lúdico para matar a curiosidade, sem qualquer comprovação científica. Nossa indicação é que as gestantes procurem outras formas mais confiáveis para saber o sexo do bebê.

Ultrassom e exames clínicos

A recomendação é que para ter uma precisão é necessário realizar um ultrassom depois da décima sexta semana de gravidez. Com a evolução da medicina, outra opção é a realização de um exame mais moderno que chama sexagem fetal e mostra se o bebê é menino ou menina com apenas oito semanas de gestação. A solicitação para a realização dos exames pode ser feita pelo médico que acompanha e realiza o pré-natal da gestante.

Gostou das dicas? Compartilhe conosco a sua opinião!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2021 - Incrível Saúde