Candidíase: Sintomas, Tipos e Tratamento!

A candidíase é um tipo de infecção provocada pelo fungo chamado “Candida”. Além disso, a doença pode ser causada em virtude de outros tipos de espécies como a saccharomyces cerevisae. A patologia é muito conhecido por prejudicar os órgãos genitais das mulheres. Porém, não é possível surgir em outras áreas como unhas, pele, órgaões genitais masculinos, sangue e boca.

Sintomas da Candidíase

Dentre os principais sinais presentes da candidíase, é possível a variação conforme os locais distintos prejudicados. Comumnete, os sintomas são:

candidíase

  • prurido na região da vagina;
  • dores;
  • vermelhidão na região da vagina;
  • corrimento agrupado e na cor branca – semelhante a queijo cottage;
  • dores durante a relação sexual.

Em algumas situações específicas, é possível que os sintomas surjam nas formas de:

  • vômitos;
  • febre;
  • inflamação das articulações;
  • descamação da pele;
  • dores abdominais.

É imprescindível a consulta do paciente a um médico ginecologista para assegurar as melhores formas de tratamento para cada tipo da doença. Alguns hábitos podem solucionar imediatamente os sinais e acometimento dos fungos, mas é preciso medicar-se, a depender da categoria patológica.

Tipos

Existem alguns tipos de candidíase que podem acometer a saúde, principalmente, das mulheres. Veja, a seguir, quais são eles e como distingui-los!

Vaginal

O formato mais comum dessa doença prejudica o órgão genital feminino que possivelmente esteja com a imunidade baixa, bem como a flora da vagina em desequilíbrio. Dessa forma, os fungos já estão presentes no corpo e conseguem fazer a replicação maior, considerando que o organismo perde recursos que são importantes para a defesa do organismo.

Balanopostite

Esse é o tipo de candidíase que acomete o pênis. Não é muito comum, mas requer cuidados. Em grande parte das situações, o organismo que está vulnerável em virtude de problemas em relação à saúde é fato primordial para que este elemento tenha sua reprodução de forma excessiva no organismo masculino. Falta de higiene e diabetes são aspectos muito comuns para tanto.

candidíase 2

Oral

Esse tipo da doença pode ter diagnóstico em idosos, pessoas com diabetes, crianças, adultos posteriormente à relação íntima sem proteção e indivíduos que estejam tratando doenças que podem afetar a imunidade. Os sinais dessa categoria sãos aftas e dificuldades para deglutir.

Intertrigo

Essa é uma infecção provocada na região da pele e pode surgir sem demais aspectos. Este problema acontece, de forma principal, pelo contato entre pele e pele, construindo assim lesões pequenas que abrigam um ambiente que traz propensão para que os fungos e bactérias se proliferem. É visível na região das virilhas, axilas, barriga, nádegas, mamas, pescoço e área interna das coxas.

Tratamento da Candidíase

Para tratar a candidíase, é preciso fazer uso de pomadas de caráter antifúngico ou remédios com substâncias antimicóticas de utilização local. Contudo, há casos de maiores dificuldades que são denominadas como recorrente, em que será necessária a alteração de terapias e estilo de vida.

É muito importante, principalmente, cuidar da alimentação! Neste caso, procure um especialista e mantenha-se a par dos principais hábitos saudáveis a serem obtidos: pratique esportes, tenha uma alimentação equilibrada e beba sempre muita água!

Gostou das informações? Compartilhe conosco a sua opinião!

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2020 - Incrível Saúde