Tirar água dos ouvidos: Um jeito comum que pode machucar o cérebro

Tirar água dos ouvidos pode ser uma tarefa difícil. Ao balançar a cabeça de uma criança para que a água saia, consequentemente, a caixa craniana também é movimentada. Dessa forma, podem trazer prejuízos a longo prazo. E isso foi comprovado devido a uma pesquisa que foi realizada.

A pesquisa foi realizada com a aceleração do movimento craniano, pois é necessário para retirar a água do ouvido. E para que pudessem fazer isso, os cientistas realizaram testes em modelos 3D, para comprovar que a aceleração é maior que a força da gravidade em crianças.

Para que conseguissem medir o impacto para retirar a água, foram produzidos tubos de vidro com diferentes diâmetros, que são réplicas dos canais auditivos das pessoas. Além disso, usaram orelhas falsas para espetar no tubo. Elas foram elaboradas em impressoras 3D, se baseando em modelos reais, para que a simulação fosse a mais real possível.

tirar água do ouvido 2

Assim, era só medir a aceleração que a cabeça precisa fazer para que os tubos fossem desobstruídos.

Já nos adultos, não existem consequências tão graves. Isso porque além de exigir menos movimento, por conta da posição dos canais auditivos, da caixa craniana. Por conta dos testes realizados, foi descoberto que a tensão superficial dos fluidos é um dos motivos para a água ficar presa nos canais auditivos.

Como fazer para tirar água dos ouvidos?

A membrana é formada a partir da capacidade das moléculas de se manterem unidas, e quando a mesma se enfraquece, o líquido vai se romper. E isso vai ocorrer, principalmente, quando a água entra em contato com vinagre e álcool. Por isso os responsáveis por esse estudo dizem que é importante colocar isso nos ouvidos das crianças.

Vale lembrar que não é recomendado fazer esse procedimento em sua casa. Mas, você pode utilizar métodos mais simples, como:

Você pode utilizar papel para absorver a água do local, claro, sem forçar o local já que ele é muito sensível.

É possível, também, puxar o ouvido levemente para trás, e uma vez que inclinamos nossa cabeça em seu lado entupido, seguramos a parte da orelha e o seu problema pode ser resolvido.

Caso contrário, você pode optar pelo terceiro método também, fazendo o uso de um secador de cabelos. Vale lembrar que colocar ele na potência minima e em sua menor temperatura para não prejudicar sua pele.

Se em nenhum nesses casos você conseguir retirar a água, vale procurar ajuda de um médico, para que eles façam uma melhor lavagem para em seu ouvido. Além do médico fazer a limpeza de seu ouvido de uma maneira correta, ele vai evitar possíveis infecções em seu ouvido.

tirar água do ouvido 1

Outras ideias

Usar um protetor articular pode evitar que algo mais grave aconteça, e é recomendado para quem faz visitas frequentes a lugares como lagos e piscinas. Procure um médico otorrinolaringologista.

Nas férias, a atenção dos pais deve ser redobrada, pois a incidência de água no ouvido das crianças é comum.

Os médicos dizem que se a água não sair, recomenda-se a ajuda de um especialista imediatamente.

Existem casos de infecções auditivas causadas por cera de ouvido. Nestes casos, recomenda-se visitar um otorrinolaringologista com frequência para que a limpeza seja elabora.

É recomendado, ainda, não utilizar cotonetes para limpar os ouvidos. O correto é utilizar um toalha.

Veja Também

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
SIGA O INCRÍVEL SAÚDE
© 2021 - Incrível Saúde